3 dicas e truques para grelhados na churrasqueira para torná-lo mais fácil do que nunca
Gastronomia

3 dicas e truques para grelhados na churrasqueira para torná-lo mais fácil do que nunca

Grelhar no churrasco é uma atividade regular para familiares e amigos, especialmente durante fins de semana e feriados. É por isso que dicas para grelhar churrasco sempre serão úteis para todos. Aqui estão algumas dicas que você precisa saber para tornar a tarefa mais fácil do que nunca.

1. Preparação do grelhador

Nunca reutilize o prato que utilizava para colocar a carne crua. Lave todos os pratos e utensílios que utilizou para manusear carne crua para fins de higiene. Se você gosta de usar carvão para grelhar, você precisa forrar o fundo interno da grelha com papel alumínio antes de colocar os briquetes. Isso o ajudará a limpar o grelhador assim que o processo for concluído. O único problema com isso é que não haverá oxigênio suficiente ao acender o carvão porque os buracos estão cobertos.

Ter um ventilador ao seu lado deve resolver facilmente o problema. Mantenha uma garrafa de água por perto, caso o fogo se torne incontrolável. Melhor estar seguro do que sofrer acidentes. Ao usar um fumante, não abra a tampa para maximizar o calor acumulado em seu interior. Se você está preocupado com a condição da carne, lembre-se do velho ditado que diz: "Se você está olhando, não está cozinhando".

2. Preparação da carne

Se quiser ter uma pele crocante e saborosa ao grelhar o frango, aplique um pouco de manteiga ou óleo na pele junto com um pouco de tempero antes de colocá-lo no grelhador. A gordura ajudará a cozinhar a pele, mas ajudará a evitar que se queime. Ao cozinhar um bife, lembre-se de que os cortes magros são mais difíceis de cozinhar quando bem passados. Eles são muito projetados para cozinhar mal passado ou mal passado. Aproveite o marmoreio para deixar a carne mais suculenta.

O marmoreio é o processo de derreter pequenos pedaços de gordura durante o cozimento, de modo que seu óleo se acrescente ao sabor da carne. É por isso que existem cortes de bife contendo gorduras entre a carne. As bactérias podem se acumular facilmente na carne crua, portanto, você não deve deixar a carne temperada fora da geladeira se ainda não for grelhar a carne. Ao descongelar, é aconselhável tirar a carne do freezer e mantê-la na geladeira durante a noite.

Você também pode optar por mergulhá-la em água, desde que não esteja temperada. Evite furar a carne ao grelhar, pois o sabor e o tempero dentro da carne podem extravasar durante o processo de grelhar, deixando a carne cozida com menos sabores. Ao grelhar vegetais, cubra-os com manteiga e salpique um pouco de sal antes de envolvê-los com papel alumínio. Isso irá cozinhar os legumes com segurança na grelha, sem se preocupar em tê-los cozidos demais.

3. Grelhar Adequado e a Marinada

Aplicar molho barbecue ou à base de tomate que contenha açúcar nos últimos minutos de grelhar. Isso evitará o escurecimento da carne, mas ainda manterá o sabor que deseja obter do molho. Muitas pessoas adoram comer bifes malpassados ​​ou malpassados, mas o mesmo conceito de grelhados não pode ser aplicado aos hambúrgueres. Os hambúrgueres devem ser sempre bem passados ​​porque as bactérias podem estar presentes na carne moída, não é aconselhável deixá-la meio cozida.

Existem diferentes molhos e marinadas para churrasco disponíveis no mercado atualmente. No entanto, você não deve depender apenas deles para fazer churrascos saborosos, pois ainda precisaria da ajuda de temperos e condimentos naturais para complementar o molho ou marinada embalados. O sal absorve a umidade, por isso não é aconselhável adicionar sal à carne enquanto ela está sendo grelhada para evitar que fique dura e seca. Não há padrões definidos quando se trata de marinadas e condimentos para um churrasco, então sinta-se à vontade para experimentar até que o sabor desejado seja alcançado.

Crédito da foto em destaque: Hamilton Beach via hamiltonbeach .com